Share it

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

EpiZódio 06 - "Vinte e Três"

Vinte e três... Essa é a idade que a maioria de nós se forma em um curso superior (maioria que teve esta oportunidade). Mas não é em absoluto. Alguns se formam mais cedo, outros mais tarde, e, como mencionado anteriormente, outros sequer passam por esta experiência. Contudo, esta é a idade pela qual estou passando por isto. Esta idade é apenas uma metáfora para o sentimento que se apossou de mim.
Estou prestes a receber meu diploma em Direito. Em alguns dias me tornarei um bacharel. E em que isso me afeta? Simplesmente em tudo. A partir de agora é pra valer. Não existe mais aquela vida de estudante, despreocupados com a vida, enxergando o futuro de longe, sem expectativa que ele venha tão cedo. Não existe mais. O futuro chegou. E agora? O que eu vou fazer? Antes de responder esta pergunta, é necessário olhar um pouco para meu passado recente, mais precisamente para os 5 anos que passei na academia.
Foram 05 anos estudando, assistindo algumas aulas, outras não, jogando truco (quase todo dia) e de vez em quando uma “sinuquinha”. Provas difíceis, provas fáceis, provas que nem dava para definir a dificuldade. Trabalhos e mais trabalhos, seminários e provas orais. Prática jurídica, em que sentávamos para fazer peças de frente o computador e logo já abríamos o site da globo, uol, terra, entre outros. Mas sempre (quase sempre) entregávamos tudo a tempo. Estágios em escritórios ou nos Fóruns do TJ. TCC desgastante, mas na hora que recebemos a nota e percebemos que fomos aprovados, nos sentimos revigorados. E assim foi a vida acadêmica.
Paralelamente, alguns de nós aprenderam a beber, se divertir, se esbaldar em boates, churrascos, bares e festas. Aproveitando a juventude. Foram muitos filmes assistidos no cinema, muitos restaurantes e bares frequentados, e muita música sertaneja ouvida.
  Eu nunca me interessei por esse tipo de prazer. Sempre tentei buscar meu prazer nas coisas do Senhor, mas o que eu realmente aprendi a gostar, enquanto na faculdade, foi a apreciar as minhas amizades. Quantas vezes eu ia à aula apenas para encontrar aquela galera de novo, e me divertir, falar besteira, brincar como crianças (por exemplo, escondendo a carteira ou material dos amigos). Não peco em dizer que aprendi a amar meus 5 anos de faculdade. E a razão maior foram vocês, meus amigos.
Eu estava feliz. Mas agora cheguei aos vinte e três anos de idade. E essa fase da minha vida passou. Sou grato a todos vocês que me ajudaram a passar por essa etapa. Mas agora eu estou sozinho. E me deparo com os reais significados dos vinte e três anos.
Agora que estou a me formar, vejo o futuro batendo na minha porta. E não sei bem responder a isso. Um bacharel em direito não é basicamente nada. Preciso da carteira da OAB para advogar, e as outras áreas eu necessito de concurso. Mas o que será que eu quero fazer agora? Qual o caminho que tenho q seguir?
Este é o abismo em que me encontro. Nesta idade alguns de meus amigos já estão perseguindo o alvo que eles traçaram. Uns já até estão prontos para iniciar uma família. Outros ainda querem aproveitar um pouco da juventude, se é que vocês me entendem. Mas uma coisa é fato: não somos mais universitários. Alguns já empregados possuem responsabilidades consigo mesmo, com seus colegas de serviço, chefes e subordinados, e alguns ainda possuem responsabilidade com o cliente.
Mas se para alguns o futuro já é claro como o dia, por que para mim é tão escuro? Por que eu me deparo com esse dilema?
Eu não sei pra onde devo ir. Não sei qual caminho escolher. Eu não sei se estou pronto para as responsabilidades dos vinte e três anos, mas não cabe a mim reclamar. Isso não me trará nada além de pesar. Chegou a hora de agir, não importa para onde seja, tenho que começar a caminhar.
Para aqueles que sentem o mesmo que eu, não precisam se desesperar. Eu não o fiz (ainda não). Mesmo que tenha uma fumaça que te impeça de ver o que está pela frente, eu tenho uma solução. É a solução que eu resolvi adotar.
Não caminhe, corra. E corra para a direção do Pai. Todo esse desespero, essa insegurança, esse receio de crescer, tudo isso é reflexo de não ter tomado minhas decisões passadas pelo crivo do Senhor.
Não há nada mais desesperante que estar longe da vontade de Deus. Aprendi isso da maneira mais difícil. Mas aprendi. Agora sei que eu não tenho q decidir nada na minha vida. Eu sou um mero servo, que nada sabe sobre o mundo lá fora. Mas eu tenho um Deus que sabe o melhor pra mim. Que tem um plano para me usar, e estando no centro da vontade dele, sei que vou sentir uma paz que palavras não podem descrever.
Agora já estou entregue a este Deus. Nada mais me importa. Profissão, emprego, namorada ou casamento, moradia, nada mais me tira o sono. A companheira que preciso, ou o mestrado que eu quero. Nada mais me importa, pois eu sei em Quem tenho crido, e estou bem certo que é poderoso.
Eu não quero ter vinte e três anos. Eu não queria passar por isso. Eu nunca quis agir de acordo com minha idade. Eu ainda quero voltar àquela vida de universitário. Mas não importa o que eu quero mais. Eu quero é Deus. Que ele faça de mim o que Lhe aprouver. Porque a paz que eu sinto n’Ele é abundante, de tal forma que não quero jamais me desviar dos seus caminhos. Que venham as escolhas. Que venham as oportunidades. Estou pronto para enfrenta-las. Não por minhas forças, mas pela graça de Deus e amor de Jesus Cristo. Pai, faze de mim o que te apraz. E que quando eu tiver vinte e quatro anos, possa eu olhar para os meus vinte e três e sorrir, lembrando que foi necessário passar por tudo isso, para que o Senhor me moldasse na pessoa que tu queres que eu seja. A melhor pessoa que eu poderia ser.
Eu cresci. Hoje eu não sou o mesmo menino que era quando completei os vinte e três anos de idade. Hoje tenho vinte e três anos de idade.


quarta-feira, 30 de março de 2011

EpiZódio 05_ "Palavras..."

UUUÓOÓÓÓÚUUÚÚLLLL!!!
salve salve pessoas que lêem meu blog....
se é que vcs existem...
tem um ano e uns quebrados que eu não posto nada, então aqui vai meu primeiro post de 2011
(p.s.: olhem o horário do post.... to com sono, então perdoem os erros ortográficos).


So (do inglês: então)....
Tava aqui pensando, com meu próprio pensamento, sobre palavras.
sobre o que representam as palavras; o porque de dizermos o que dissemos,
não como o meio de comunicaçao propriamente dito, mas o sentido, a motivaçao e o objetivo pelo qual nos comunicamos.

Pra tentar descobrir algumas dessas coisas, precisamos refletir sobre o que é a palavra,
mas para continuar lendo este post, quero que vc reflita sobre o que é a palavra, e nas "considerations finalizations" eu defino de acordo com o que penso.

Vamo então.. começou.
recentemente eu ando ouvindo muitas musicas berradas (a exemplo: as i lay dying, trivium, underoath, etc..). e to tentando entender o que me atrai nessas músicas...
cheguei a duas razoes: a primeira: o instrumental e a música em si é fera demas xD;
a segunda: estou cansado de falaçao sem sentido, sem nexo, sem respeito e que menospreza a capacidade mental das pessoas.
nao só em músicas, mas em conversas no dia-a-dia.

cara, eu ando com tanta preguiça de defender-me quando me enchem o saco, ou quando tentam me pagar um sermao... tanta preguiça, que apenas aceno com a cabeça e concordo, pra acabar aquilo logo.
a verdade é que, fico pensando, o que faz com que pessoas digam à outras o que e como vc deveria agir de acordo com dada situação randômica.

uma daz razões é o famoso conselho amigo, mas geralmente a gente pede um conselho, e mesmo quando não pedimos, nós lidamos com ele com amor, por que, geralmente, o conselho quem dá é o seu brother.
mas vamos adentrar um pouco a última situaçao.
eu tento dar conselhos apenas àqueles que me pedem, pq quando achamos que a pessoa está precisando de algo e ela não está, ficamos com cara de trouxa.

e quando falamos algo e fazemos outra coisa diferente?!
já diria Fruto Sagrado: "de que adianta apontar o caminho, e seguir outra direção?"
temos que ter cuidado com a hipocrisia.
quem muito fala dá bom dia a cavalo.

como disse, ando meio cansado de falaçoes, por causa disso. de pessoas que tentam me guiar,
me apontam um caminho e seguem outro. e sabe o que é o pior?! eu sou o MESTRE nisso.
sou um dos maiores hipócritas que conheço. principalmente pq falo demais.
mas cara, isso cansa. as vezes o motivo por trás de um sermão é apenas a necessidade de parecer melhor que o outro, e isso , por mais que vc tente esconder, quando for essa a motivaçao do seu sermao, ela estará estampada em todo seu discurso.

a verdade é que as palavras são como uma espada japonesa (pesada pacas), em mao de crianças e pessoas inaptas ao seu manuzeio, elas podem nao só ferir aos outros, mas podem te ferir também. essa é a idéia que eu tenho de palavras.
por isso tento nao falar demais (em que falho mais do que deveria)
cuidado para nao ferir aqueles que estao proximos de vc,
pq essa ferida pode até sarar, mas a cicatriz remanecerá para sempre.

fica uma música de um mestre do MPB, a música PALAVRAS, de GONZAGUINHA:

PALAVRAS, PALAVRAS, PALAVRAS
EU JÁ NÃO AGUENTO MAIS
PALAVRAS, PALAVRAS, PALAVRAS
VOCÊ SÓ FALA, PROMETE E NADA FAZ
PALAVRAS, PALAVRAS, PALAVRAS
DESDE QUANDO SORRIR É SER FELIZ

CANTAR NUNCA FOI SÓ DE ALEGRIA
COM TEMPO RUIM
TODO MUNDO TAMBÉM DÁ BOM DIA
CANTAR NUNCA FOI SÓ DE ALEGRIA
COM TEMPO RUIM



sábado, 12 de setembro de 2009

EpiZódio 04_ Cópia: 11/09 foi causado por Bin Laden?!

gente,
eu tava pesquisando sobre esse assunto, e vi que é muito mara.
só que eu percebi que eu não daria conta de escrever como outros blogs,
mas ainda sim acho que vocês poderiam ler isso.
da uma sacada:

Você sabe o que aconteceu naquele fatídico 11 de setembro de 2001 em Nova York? Sabe mesmo? Huuum, eu não arriscaria tanto. Dois prédios gigantes, com fortes estrutura de aço, projetados para agüentar o impacto até de aviões boeings 707, são atingidos nos últimos andares por dois 767s (20% maiores apenas do que os 707) e, depois de um incêndio relativamente pequeno, simplesmente caem inteiros, se desmanchando? Se fosse num filme catástrofe, você provavelmente daria um sorriso e comentaria de lado: "só Hollywood pra vender um absurdo desse."
Essa mal contada história está na berlinda há tempos lá nos Estados Unidos e agora o assunto começa a esquentar. Não são poucos os que
questionam com veemência a versão oficial da "teoria da panqueca" - de que os andares de cima entraram em colapso devido ao incêndio provocado pelos aviões e pressionaram os demais pra baixo, fazendo com que os dois edifícios fossem ao chão em questão de segundos. É realmente muito difícil de engolir. Para especialistas, impossível de acontecer.
Grupos diversos, que representam
estudantes, curiosos e especialistas, cidadãos americanos e até respeitáveis cientistas e acadêmicos, levantaram nos últimos anos inúmeras evidências de que as torres gêmeas foram na verdade demolidas momentos depois do choque dos aviões - bem como outro prédio, o WTC 7, local de escritórios da CIA, Dp de Defesa, Serviço de Migração, American Express Bank e diversas seguradoras, que NÃO foi atingido por avião algum, só por destroços das torres gêmeas. O ataque aos prédios (e também ao Pentágono) e sua posterior demolição seriam na verdade o ato final de uma conspiração levada a cabo por Bush e companhia, um novo Pearl Harbour para justificar a invasão americana do Afeganistão e, posteriormente, Iraque. O presidente Bush e seu vice, Dick Cheney, têm se esmerado em bloquear as investigações sobre o 11 de setembro, mas a pressão só aumenta.
Até John Kerry entrou na balada. Recentemente, o senador e ex-candidato a presidente pelo Partido Democrata
admitiu saber que WTC 7 tinha sido demolido propositalmente. A grande mídia americana, evidentemente, está classificando tudo como uma grande teoria conspiratória promovida por lunáticos - veja aqui como a Fox News simplesmente tenta desmoralizar um deles, o autor de um livro que levanta suspeitas sobre a queda das torres do WTC em Nova York (não deixaram praticamente o cara falar!!)
O clamor por uma investigação mais rigorosa sobre o caso gerou também alguns bons documentários. Um deles é o
911 Eyewitness. "Sete leis da ciência comprovam a demolição controlada no WTC. A teoria oficial do 'colapso panqueca' é uma fraude mentirosa", diz a chamada. Um outro achei no Google Vídeo, 9/11 Mysteries, e pode ser visto abaixo na íntegra (1h30). Curiosidade: o autor se declara Republicano logo na abertura do filme.

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

EpiZódio 03_ Estaca ZErO!

Fiquei muito tempo sem escrever aqui,
mas tenho que escrever algo que anda, literalmente,
tirando minhas noites de sono.

Ultimamente, eu ando pensando muito na vida,
o que ser, o que fazer, onde ir e o que dizer.

As respostas que eu queria, eu consegui, com excessão de uma.
decidi ser um servo de Deus, "O" filho e "O" amigo. Decidi ser responsável e
cumprir com minhas responsabilidades, entre elas, ser um torcedor mais assíduo do DRAGÃO,
frequentando mais o estádio. Decidi frequentar lugares que condigam com minhas outras decisões, como a igreja, pit dog's lotados, onde posso passar o tempo com os amigos, cinemas,
shopping centeres e etc...
Mas não consegui entrar a resposta pra minha última pergunta: "O QUE DIZER?"
cara, isso está me matando, principalmente no que diz respeito ao fato de eu ter escolhido
ser "O" amigo.
Tá certo, eu quero ser "O" amigo, mas pra isso, eu tenho que conversar com as pessoas,
mas como, se não sei o que dizer? Até que ponto eu posso aconselhar os amigos,
sem eles pensarem que eu os estou machucando?

Como ser um verdadeiro amigo, dizendo aos amigos o que eles têm que ouvir,
se eles com certeza vão ficar chateados comigo, talvez até o ponto de perdermos a amizade.

Mas afinal, o que é ser amigo? É se preocupar com o outro, a ponto de "forçar a amizade" (literalmente) de certo modo que ela acabe? Ou é apenas dizer ao companheiro
o que ele quer ouvir, fazendo com que a confiança dele em você aumente?

Será que conselhos sinceros podem ser considerados mal dizeres?
E se eu precisar dizer algo a alguém, mas, por ter medo de perder a amizade,
eu não o faça?
Isso me tornará um amigo melhor? Serei eu capaz de dormir à noite?
ou eu me tornarei um reles ser egoísta, que não se preocupa com o companheiro,
mas sim consigo mesmo?
Mas e se falar o que preciso, e o companheiro não aceitar o meu ponto de vista?
quem está errado? Eu ou ele? Quem é o amigo da onça nessa circunstância?

Ao cair nesse impasse, eu me perdi nas outras perguntas.
Agora eu já não sei mais o que fazer, nem o que dizer, e por isso,
não posso ser o que quero ser.

Voltei à estaca zero.

quarta-feira, 22 de julho de 2009

EpiZódio 02_ May the FORCE be with you!_

MAY THE FORCE BE WITH YOU!

a Força...

O que é a força, senão um objeto criado para justificar a existência de um Deus?!
Se vc não concorda, BITE ME, mas leia o que tenho a escrever.


A Força, para muitos evangélicos, é algo anti-cristão, pois eles dizem: "o ser humano pode manipular a força como se Deus fosse manipulado por nós".

Mas um dos maiores Nerd's da História, GEORGE LUCAS, quis mostrar sua fé, a partir da Força.
Gente, os Jedi's não manipulam a Força, a Força é uma com eles, assim Deus assume o trono do nosso viver, quando aceitamo a Cristo.
os Jedi só fazem o que nós fazemos, eles agem em nome da Força, e a Força os capacita,
assim como agimos em nome de Deus, e nós demonstramos o poder de Deus.

easy as pie.

em STAR WARS, nem todos acreditavam na força, mas todos acreditavam nos Jedi.
igual a nós aqui no mundo. Hoje em dia esse sentido foi deturpado graças ao Falso Evangélho,
mas antigamente, ser "Crente" era sinônimo de ser honesto, de boa índole, mesmo que os seus
próximos não acreditassem em Deus.

e o engraçado, é que até os vilões acreditavam na Força (em SW), e eles
agiam em nome do "Lado Negro" dela. Hoje é assim tambem. Os "malvadões" agem em nome
do Diabo, e se misturam entre as pessoas, se "camuflando", tendo duas identidades,
assim como o Senador Palpatine, ou Imperador, era o Lorde Sith, Darth Sidious.

as evidências da existência da Força, em SW, estava nos "miniclorians", que existiam dentro de cada célula do corpo, no ar, na terra, na água, no universo

"look arround you, Anakin, the Force is all over the universe, all arround you"

E se o universo estiver em expansão? Isso significa que Deus não existe?
BULLSHIT, a Bíblia não fala que Deus só criou a Terra.

se vc ainda se insiste a acreditar em um Deus,
pesso que não critique aqueles cujo ego não é tão grande,
a ponto de não reconhecer um Ser Altíssimo.

Dizem que a Fé acaba com o Homem. Discordo.
A fé "salva o homem". Ela não o leva ao Céu, mas ela dá esperança para aqueles que estão na Terra.
Enquanto estamos aqui só de passagem, vcs que não crêem em Deus, estarão perdidos.
e Quando o final Chegar. e quando vc morrer? Vai apenas desaparecer?
Me perdoe, mas o fato de pensar que desaparecerei me assusta. Não consigo imaginar
que um dia deixarei de existir. Eu tenho a certeza de que o Paraíso existe, e que um dia estarei lá com meu Pai. E vc?

try as hard as you please, but you'll only find pain.

quinta-feira, 16 de julho de 2009

EpiZódio 01_"ACRE"- eu quero ACREditar!_parte 03_ O FIM!

Gente, é o seguinte, essa semana eu nao postei na terça, pq ....
não sei pq, eu nao me lembro muito bem, é como se alguém tivesse me espancado
e eu tivesse sofrido traumatismo, e acabesse perdendo a memória.

então, quando acordei hoje, senti na minha cabeça, que toda aquela besteira que eu escrevi
nos dois posts anteriores, É MENTIRA!!!

o ACRE existe sim, o governo não faz experiências lá, o ACRE é sim um estado,
e o Brasil nao abriga criminos terroristas (isso inclui o Michael Jackson) lá não.!

P.S.: eu me lembro sim, que me espancou foi os representantes do Lula. eles não queriam que eu expusesse a verdade, mas eles não vão me impedir. o Brasil TEM que saber a verdade.
eu JAMAIS serei SILENCIADO!!!!!!!

e TENHO DITO!!!

sexta-feira, 10 de julho de 2009

EpiZódio 01_"ACRE"- eu quero ACREditar!_parte 02

então, continuando a sequência (redundância rules), e pedindo perdão pelo português,
e também pedindo liberdade para que eu possa escrever do jeito que eu quiser,
vou discorrer sobre o ACRE novamente.



Depois de saberem sobre a minha teoria do MJ, pessoas vieram a me perguntar:
"como o MJ está no ACRE, se o ACRE não existe?".
gente, eu tive pena dessas pessoas. O ACRE não existe?
então aquele pedacinho de terra que vemos no mapa não existe? é um abismo?
aff! Deus não faz nada pela metade. é claro que o ACRE existe, ele só não existe como um "estado" brasileiro, mas existe. Ele está ali, mas é só isso que devemos saber sobre o ACRE: que ele está ali!


Mas afinal, se o ACRE não é um estado, o que ele é?

Bom, o ACRE é um pedaço de terra destinado à pesquisas militares. Foi originado pela fusão do
GOVERNO BRASILEIRO (o federal, é óbvio), a PETROBRÁS e a GLOBO (que é dona da metade do planeta, assim como a COCA COLA e o grupo GOOGLE___________).

Assim, surgiu a ABIN-Agência Brasileira de INteligência- que tem como sede, o terreno do ACRE, que é uma sigla para "Abin Commands the Rest of the Earth!- tradução: abin comanda o resto da Terra.



Ali são feitas pesquisas militares como a criação de "Mobile Suits- os GUNDAM's", que são robôs gigantes com um poder bélico EXTRAORDINÁRIO-(conforme foto ao lado), que foi apresentado como japonês, mas na realidade, é produto do ACRE.

se nao acreditam em mim, acreditem nos fatos. depois que Michael Phelps apareceu, o FERNANDO XERER (XUXA), sumiu. Coincidência? Lógico que não! a Abin está estudando nosso XUXA para criar organismos vivos como o Phelps, afim de que sejamos campeões na natação novamente. E o engraçado é que recentemente apareceu um tal de Cézar Ciello, que se parece muito com o XUXA, e ganhou ouro nas Olimpíadas, na única modalidade que o Phelps não é campeão ainda. Coincidência?
NUNCA! JAMAIS!!!!

e para aqueles que ainda relutam em entender a verdade, eu lhes pergunto: Onde fica a Ilha de "Lost"? E respondo também: A Ilha de "Lost" é o ACRE, só que as praias são produzidas nos estúdios da Globo lá.

gente, é isso mesmo, o surreal é real. O Brasil é uma Super Potência, só que só o governo sabe disso (e algumas pessoas que pensam também, assim como eu_xD)
Não acreditem no que a mídia te oferece, apenas acredite na PALAVRA DE DEUS,
e ela te mostrará o caminho!

CONTINUA!!